Arquivo do mês: maio 2011

Sufoco de ser a garota do rímel borrado

grb (2)

Hoje analisei que no geral, todos temos segredos irreveláveis que, se por muito tempo, forem abafados, o efeito será o reverso: agirá como sufoco praticado por nós mesmos.

Bem sei que do meu lado quando falecer, deverá ser enterrada também um outro caixão para tais segredos.

Muitos já sacaram que eu provavelmente não sei amar, nunca soube, apesar de ter tentado inúmeras vezes a me soltar, relaxar e confiar nas pessoas. Não confio, é uma coisa de instinto de minha defesa.

Já foi comprovado o quanto me engano quando tento. Hoje não tento mais. Simples assim.

Parei de quebrar a cara com o amor, que como diria uma grande amiga, trata-se de ficção científica. Nisso eu acredito.

Talvez isso tudo me aconteça porque sou sozinha, não sei dividir – para mim dividir é igual a dar para outro, desconfio de tudo e de todos. 

Aprendi a conviver assim. Não me sinto confortável quando procuram minar meu jeito. Viro uma felina, totalmente arrisca.

Do fundo do meu coração – por mais piegas do que isso possa aparentar – eu decepcionei os planos futuros e otimistas de uma garotinha que somente podia sonhar e desejar uma vida melhor, que infelizmente não ocorreu.

Não me importo com as aspirações de outrem, mas não consigo me desapegar das opiniões alheias (Contraditório? Há quem diga que sempre fui assim, outros já me traduziriam como uma encrenca ambulante ou às vezes como mero fracasso que não merecia ter nascido!?). Lutei e sobrevivi a todas as adversidades as quais fui imposta para esperar que no final eu fosse feliz. Ledo engano.

Todavia, de algum modo, aos trancos e barrancos, literalmente me rastrejando ainda permaneço aqui. Com a minha fé toda esburracada, almejando um dia chegar aonde sonhei e sei que mereço estar. Poderei olhar, relembrar, chorar e sorrir que a minha vida fez jus à minha perseverança! 

O meu maior orgulho é ser a garota do rímel borrado que chora uma enxurrada tremenda sem se importar com a aparência porque só deste modo, posso lavar uma alma tão sofrida!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Pessoal

Mais uma estrela para brilhar e me proteger

tumblr_milgzx5YIm1s5vjsvo1_500

Minha semana mudou completamente.

Nada do que estava planejado foi concluído ou mesmo iniciado.

O motivo?

Infelizmente, aquela pessoa que era meu modelo de mulher perdeu seu brilho até não mais existir como pessoa humana.

Escrevo sobre a mulher quem eu admiro, me espelho e buscava sempre tentar ser motivo de orgulho.

Não há palavras com as quais eu consiga expressar de forma exata o que ela era e representava para mim.

Simplesmente posso deixar que meus dedos, humildemente, toquem as teclas e saiam para que eu possa de alguma maneira aliviar meu coração e a saudade que será impiedosa e dolorosa com o passar do tempo, tenho certeza disso.

Ela era a matriarca da minha família materna. Mulher conformada com o tempo com a qual pertenceu e suportou pacientemente e silente tudo que lhe aconteceu. Simples, trabalhadora até o final de sua vida madrugava para ir para fazenda e diariamente era a responsável pela comida – nunca deixou de preparar o almoço, delicioso por sinal, bem característico de comida de vó fazendeira!

Apesar disso, era acima de tudo sincera, verdadeira à sua essência, ainda tinha sonhos que nunca realizou, como por exemplo: andar de avião ou ainda o seu sonho verdadeiro confessado a mim recentemente de que sempre quis aprender dirigir, inclusive meu avô insistiu.

Lembro-me também quando contou uma história de quando era bem pequenininha e ao andar de cavalo quebrou o braço, como morava no sítio e não havia condições suportava a dor e neste dia ela conheceu meu bisavô paterno que almoçou por lá. Ela confidenciou que sentia medo daquele homem tão importante. Mal sabia ela que tempos depois, sua filha caçula, minha mãe iria se casar com o neto dele!

Todavia, a principal característica dela que encantava a todos que a conhecia era ser uma verdadeira guerreira que sofreu tudo digninamente, fiel à sua família, bem como foi a cola que unia à nossa família de pessoas tão diferentes umas das outras.

Guardarei sempre em meu coração todas as nossas lembranças e quando olhar para cima, sei que terá mais uma estrela para brilhar e me proteger, como ela sempre fez a todos quem ela amava. Ainda bem que são muitos! Espero contar com a sua intercessão pelo cumprimento da justiça dos homens também!

Deixe um comentário

Arquivado em Pessoal

Oscar Wilde

286330488778413395_2BD9TPzs_b

“Não deixe de perdoar os seus inimigos – nada os aborrece tanto.”

Deixe um comentário

Arquivado em Citações

Sinceridades ou só mesmo briguenta?

tumblr_m0mxjbfyxW1r3m77vo1_250

Depois de uma longa conversa com uma grande amiga querida que também sofre de insônia, parei para refletir sobre os assuntos tratados.

Nós duas sempre tivemos opiniões muito fortes e decididas sobre tudo.

Não levamos desaforo para casa.

E nem se atrevam em tentar mudar-nos!

Até agora, me mantive fiel a isso e sempre acreditei em ser sincera para permanecer verdadeira à minha essência.

Vejo e percebo tanta falsidade por aí, fingimento como tentativa de esconder a obscuridade e a perversidade existente na mente das pessoas.

Hoje em dia, impera o medo de decepção. Então, todos almejam ser jogadores fajutos de poker e principalmente, no que diz respeito a relacionamentos, julgam como melhor opção simular com múltiplos jogadores do que se doar aos sentimentos exclusivamente por quem tem afeto.

Ensinam às meninas que devem ser recatadas, púdicas, “ladies” que devem a todo custo agradar aos rapazes!

Quanta mentira né?

Conheço muito “santinha” por aí que envergonharia aos seus ascendentes com atitudes do velho ditado de que “faça o que digo, mas não faça o que eu faço”!!! E o pior de tudo é que tentam dar lição de moralidade social conservadora. Eu, inclusive, já ouvi cada coisa!

Resolvi mudar, escutar e falar também, pois se não pedi a opinião alheia de julgamentos falsários de um bando de invejosas – sempre soube disso, porém a briguenta que vive em mim não permite tais fofocas!

Morava numa cidade que apesar da quantidade considerável de habitantes tem os piores hábitos de uma cidadezinha: todo mundo conhece todo mundo, se você espirrar na esquina todo mundo fica sabendo quase que imediatamente!!!

Fui alvo de muitas fofocas infundadas!

Mas sobrevivi e continuo vivendo, muito bem obrigada!

Por isso, continuo falando o que penso, condizente com as minhas atitudes, como vivo, o que considero, ahhh e o mais importante: sem julgamentos! Sugiro isso com uma nova forma de se viver!  Tentem, é libertador!

Como sou assim, fui muitas vezes mal interpretadas por esse meu jeito sincero. Não vivo para ter futuros arrependimentos. Estou em constante evolução: busco as melhores companhias, fazer o que eu sinto prazer, rir mais do que chorar, dançar até me acabar, tentar ler todos os livros possíveis e assistir muitos filmes, queria ter uma voz magnífica com a qual eu pudesse ser uma cantora famosa, viajar o mundo inteiro…

Aprendi as duras penas que é impossível constantemente agradar aos demais, fazer coisas desagradáveis ou ainda criar expectativas de mudanças irreais. Ninguém muda. E isso só me acarretaram decepções!

Sou uma excelente defensora dos meus ideais vanguardistas e liberais: não tente impor sua vontade à minha porque tenho certeza absoluta (desculpem-me pelo pleonasmo mas disso eu sei) de que você acabará perdendo a mim e por decorrência lógica, minha consideração e amizade.

Eu adorooo uma boa briga, não fujo, ouço e garanto que a minha réplica é realmente sensacional, modéstia a parte.

Logo, procure respeitar a opinião alheia e a conviver com as diferenças que a tornam melhor como pessoa.

Não me importo em ser taxada como egoísta: confirmo e aprovo, mas quer saber? É indiferente para mim. Portanto, continuarei a ser sincera aos meus princípios e permanecerei uma boa briguenta por toda a vida. Amem-me assim ou simplesmente caiam fora!

Deixe um comentário

Arquivado em Divagações, Pessoal

Aquele abraço apertado

tumblr_m6uae2NQOM1qgiaw1o1_250

Olha só ou melhor… leiam só!

De tanta saudades que estou de vocês que resolvi escrever outro post porque somente um post sobre a nossa amizade não traduz tudo o que vocês representam para mim.

Vocês acima de tudo são a minha alegria virtual porque por opções da vida, cada uma foi paar um canto, optou por uma profissão diferente mas quando eu preciso vocês estão perto de mim à distância de um mísero clique no teclado!

Eu rio, choro, relembro, me identifico, me solidarizo com seus dramas e suas felicidades, como sei que a recíproca é verdadeira!

E posso alegremente sorrir e dizer que apesar dos pesares nós somos as mesmas garotinhas do Universitário: vaidosas, questionadoras, as mulheres mais inteligentes que conheci, investigadoras, guerreiras e carinhosas – ainda gostamos daquilo que ficou no passado e pasmem ainda temos muitas coisas em comum, inclusive fofocas internas e até piadas!

Foi com elas que paguei incontáveis micos – não, desculpem-me verdadeiros “king kongs”, com o melhor sorriso escancarado no rosto, sendo relembrados pela eternidade como inesquecíveis! Principalmente em apresentações no colégio que fazíamos com o propósito de matar aula e paquerar os caras do colegial!

Detestar ter que fazer um clip para aula de Inglês!

Aguardar ansiosamente sexta-feira para ler Capricho, ir todo final de semana no Catuaí, ir no Cinema, Mc depois das provas de sábado, locar filmes – thrillers na Delta (foi nessa éopca que viciamos em Pânico), também nos apaixonamos por seriados…

E esperar toda segunda chegar para nos encontrarmos novamente e recomeçar tudo!

Pois é… É tão bom isso!

A única coisa que eu realmente sinto falta nisso tudo é aquele abraço apertado e os gritinhos histéricos dele decorrentes, bem como também sinto imensa falta daquele momento mágico de se arrumar antes de sair, da ansiedade pré-festa e de esbaldar de tanto dançar – sempre com a promessa de sermos as últimas a ir embora e nunca sob hipótese alguma cogitar regimes ou ainda lógico que deve rolar um lache no after para os comentários mais absurdos que só vocês sabem fazer!

Amo muito tudo já escrito e só queria ressaltar o quanto tenho profunda nostalgia pela nossa sintonia e sinergia!

Espero que vocês sintam o abraço apertado afetuoso que neste post dedico a vocês!

Vocês sabem quem são!

😉

Deixe um comentário

Arquivado em Pessoal

“If you wanna be my lover, you gotta get with my friends!”

tumblr_mhkfsnuVnT1qe4ivdo1_500

And like this almost fifteen years ago some of my trully friendships began!

We all love Spice Girls – in fact we wanted to be bold as them!

So fearless!

And guess now?

Finally we are!

Amazing how you are still the best damn thing that happened to me in a very oppressive and bullying high school which to be someone you should be rich or at least pretend to be a bitch.

Some of ours’interess (oops… some? all we were interessed in) were boys – older boys, really – and relationships in general.

We had many bad, sad, crying’, break ups, laughs, parties, hugs… times along the way, however, as amazing it seems we still are the same friends we were and I still can share all my deep secrets with you ´cause I know how trully our friendship is and you´ll support me in eveything I try, even thought it´s very noticible the huge mistake I´ll do!

I told you that I´m really hard trying to change this and turn to be that same chick you are proud: the most wise girl who still mantains the grown up teenager ever!

Thank girls!

And one tip to my future boyfriend: If you wanna be my lover, you gotta get with my friends!

`Cause they will be the advisers that will approve you or not. If they whouldn´t approved you, sorry but you maybe in a very akward situation!

And sincerely do not tryreally  hard to please them, it means a really shooting yourself in the foot!

Be aware!

Deixe um comentário

Arquivado em Divagações, Pessoal