Sinceridades ou só mesmo briguenta?

tumblr_m0mxjbfyxW1r3m77vo1_250

Depois de uma longa conversa com uma grande amiga querida que também sofre de insônia, parei para refletir sobre os assuntos tratados.

Nós duas sempre tivemos opiniões muito fortes e decididas sobre tudo.

Não levamos desaforo para casa.

E nem se atrevam em tentar mudar-nos!

Até agora, me mantive fiel a isso e sempre acreditei em ser sincera para permanecer verdadeira à minha essência.

Vejo e percebo tanta falsidade por aí, fingimento como tentativa de esconder a obscuridade e a perversidade existente na mente das pessoas.

Hoje em dia, impera o medo de decepção. Então, todos almejam ser jogadores fajutos de poker e principalmente, no que diz respeito a relacionamentos, julgam como melhor opção simular com múltiplos jogadores do que se doar aos sentimentos exclusivamente por quem tem afeto.

Ensinam às meninas que devem ser recatadas, púdicas, “ladies” que devem a todo custo agradar aos rapazes!

Quanta mentira né?

Conheço muito “santinha” por aí que envergonharia aos seus ascendentes com atitudes do velho ditado de que “faça o que digo, mas não faça o que eu faço”!!! E o pior de tudo é que tentam dar lição de moralidade social conservadora. Eu, inclusive, já ouvi cada coisa!

Resolvi mudar, escutar e falar também, pois se não pedi a opinião alheia de julgamentos falsários de um bando de invejosas – sempre soube disso, porém a briguenta que vive em mim não permite tais fofocas!

Morava numa cidade que apesar da quantidade considerável de habitantes tem os piores hábitos de uma cidadezinha: todo mundo conhece todo mundo, se você espirrar na esquina todo mundo fica sabendo quase que imediatamente!!!

Fui alvo de muitas fofocas infundadas!

Mas sobrevivi e continuo vivendo, muito bem obrigada!

Por isso, continuo falando o que penso, condizente com as minhas atitudes, como vivo, o que considero, ahhh e o mais importante: sem julgamentos! Sugiro isso com uma nova forma de se viver!  Tentem, é libertador!

Como sou assim, fui muitas vezes mal interpretadas por esse meu jeito sincero. Não vivo para ter futuros arrependimentos. Estou em constante evolução: busco as melhores companhias, fazer o que eu sinto prazer, rir mais do que chorar, dançar até me acabar, tentar ler todos os livros possíveis e assistir muitos filmes, queria ter uma voz magnífica com a qual eu pudesse ser uma cantora famosa, viajar o mundo inteiro…

Aprendi as duras penas que é impossível constantemente agradar aos demais, fazer coisas desagradáveis ou ainda criar expectativas de mudanças irreais. Ninguém muda. E isso só me acarretaram decepções!

Sou uma excelente defensora dos meus ideais vanguardistas e liberais: não tente impor sua vontade à minha porque tenho certeza absoluta (desculpem-me pelo pleonasmo mas disso eu sei) de que você acabará perdendo a mim e por decorrência lógica, minha consideração e amizade.

Eu adorooo uma boa briga, não fujo, ouço e garanto que a minha réplica é realmente sensacional, modéstia a parte.

Logo, procure respeitar a opinião alheia e a conviver com as diferenças que a tornam melhor como pessoa.

Não me importo em ser taxada como egoísta: confirmo e aprovo, mas quer saber? É indiferente para mim. Portanto, continuarei a ser sincera aos meus princípios e permanecerei uma boa briguenta por toda a vida. Amem-me assim ou simplesmente caiam fora!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Divagações, Pessoal

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s