Dois para lá, dois para cá

tumblr_m300n6tJCU1qf1415o1_250

Um, dois, três, quatro.
Passos à direita. Rebole. Clap.
Cinco, seis, sete, oito.
Levante o braço e balance.
Junte a perna da esquerda com a direita.
Para mim, trata-se de respiração.
Desde os meus três anos de idade que danço e até hoje tenho a mania de dançar no mínimo duas por dia. Esqueço de tudo. Não me importa o estilo musical, qualquer um vale.

Se não consigo dançar, meu mau humor impera.
Por isso, uma dica: para me ver feliz, leve-me a algum lugar para dançar.
Remédio instantâneo, pois melhoro na hora!
Para alguns, é uma arte.
Para outros, dificuldade em coordenação.

Ou ainda, ginga.
Também existem aqueles que não levam nenhum jeito mesmo.
Basta aprenderem ou desistirem.
Somente cabe a você escolher a sua decisão.
Enquanto isso, treino: dois para lá, dois para cá.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Contos, Romance

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s