Decidi pelo humor e você deveria fazer o mesmo

tumblr_m8si8320uh1qm1m7ro1_250

Pelo visto, tem gente que não aprende mesmo. É tão revigorante superar e seguir em frente.
Sei que você me rodeia, fica me vigiando, me julga, procura saber qualquer coisa que seja sobre mim, tentando me acompanhar, porém, para seu desencanto, não sou novela. Atualmente, nem me identifico mais ou comparo minha vida ao dramalhão digno de novela mexicana.
Como eu te conheço bem, infelizmente, para minha sorte e seu azar, sei que você estava querendo finalmente que eu escrevesse sobre você. O seu ego chega antes de você nos lugares. Eu sempre fico sabendo de tudo, não procuro, as informações chegam a mim, pois quem gosta de mim, fica indignado com as suas atitudes.
Você ficou preso na adolescência.
Tinha prometido a mim que não escreveria sobre você ou que aconteceu. Me traí.
Pensei em deletar isso, como eu fiz com você da minha vida, mas salvei o rascunho porque, modéstia a parte, o texto ficou um ótimo final para esse desabafo:

Decidi pelo humor. Sério, não estou para brincadeiras.
Ironias a parte, ri muito hoje com uma situação que já se perpetua há alguns anos e por muito tempo, me incomodou muito.
Igualmente, tenho a consciência que surtava e com ela eu incomodei muitos, alguns merecedores e outros, nem tanto.
Ficava muito irada com o que acontecia e ia levando como podia.
E hoje sem mais nem menos, o passado tentou me assombrar. Ou melhor, a mim não, porque como o fantasma se tocou que o seu efeito não me causa nenhum espanto. Tentou diferente, procurar me rodear, pretendia entrar na minha zona de conforto. Coitado.
A sua fracassada tentativa novamente não surtiu a sua pretensão. Muito pelo contrário (antes eu, firme, rebatia, discutia, brigava, julgava, testava até onde conseguiria me manter, acabei optando pelo silêncio e pela distância), tive uma crise de risos como não tinha há tempos – nem me lembro quando ri tanto, olhem que eu ri muito e sorri muito também nos últimos tempos.
Decidi pelo humor, como venho pregando. Divertir-se apesar dos pesares. Ficar completamente livre e descontraída para me preparar a rir dessas situações, pois aprendi que certas coisas não mudam, nem certas pessoas.
Contudo, sigo muito feliz por ter feito a melhor decisão ao me afastar de quem só me fez mal.
Decidi que com você só no humor para me manter afastada. A minha felicidade ou simplesmente eu viver bem te incomoda. É fato comprovado já.
Por fim, só lhe peço que continue a manter distância de mim, o meu sorriso pode te abalar e suas provocações são patéticas, demonstram apenas que estou certa. Sempre tive a razão nisso. O pior de tudo isso é que todos sabem e concordam comigo.
Decidi pelo humor e você deveria fazer o mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Romance

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s