Desenvolturas em série da garota do rímel borrado: a cartomante

482255_370539766395763_785081258_n
A maioria dos ansiosos gostariam de saber o que futuro reserva.
Por acreditar no místico, ela resolveu arriscar e marcou um encontro com uma cartomante que outros amigos confessaram ter ido. 

Muitos assustaram-se com as previsões. E por questão de curiosidade, ela foi.
Pretendia manter-se descrente, vestiu-se com uma roupa que não deixasse brecha para qualquer suposição de um charlatão.
Chegando na casa, surpreendeu-se com a aparência de normalidade na residência e principalmente da cartomante. Nada aparentava uma cigana bizarra. Nada de vermelho em sua vestimenta. Normal?!
Suspirou e entrou na sala. Manteve-se ereta, como aprendera que toda moça deveria comportar-se.
Estranhou o começo da entrevista que mais parecia uma consulta médica, indagando sobre suas doenças crônicas, hábitos, etc.
A consulta mudou de rumo quando ela consultou alguns livros e começou a falar sobre aspectos pessoais que somente lhe deviam respeito uma vez que eram tão íntimos reservados unicamente a sua pessoa. Ela acertou sobre ela, coisas das quais ela nunca falava em voz alta.
O mais chocante ficou no final quando ela perguntou se teria algo que gostaria de saber. 
Não queria ser daquelas menininhas bobas que vão até lá só para perguntar a respeito de questões amorosas, mas sinceramente, era o que ela pretendia em parte. Não poderia sair dali sem saber.
Ela já teria advinhado com aquele sorrisinho?! A consultora começou então a descrever um rapaz tanto fisicamente quanto emocionalmente do jeito que ele era/é, como era o relacionamento entre eles. 
Quase caiu para trás quando ela o descrevia e disse que o via em sua aura como alma gêmea. 
Por fim, ela descobriu o que sempre suspeitava: tinham voltado a se encontrar. Em razão dos acontecimentos passados, era a oportunidade de se acertarem e resolveram o que antes não foi possível.
Não obstante, mesmo absorta com tanta informação, 
caberia a ela decidir se ficariam juntos ou não. 
Após descobrir os motivos pelos quais não ficaram juntos antes, agora, ela decidiu que também não seria possível: ele sofreria pelas atitudes passadas – não aceitaria quem teria a traído. Nunca aceitou a traição por nada ou por ninguém. 
Diante de todos os fatos expostos, agora, optou por não dar uma chance ao destino de quem lhe teria feito sofrer com inúmeras traições. 

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Contos

Uma resposta para “Desenvolturas em série da garota do rímel borrado: a cartomante

  1. Às vezes me identifico tanto com essa garota do rímel borrado! rsrs belo texto!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s