Confissões sobre minha bagagem da última viagem

Depois de escrever o post com dicas para arrumar a mala de verão e de inverno aqui, para manter a sinceridade com meus posts acredito que devo confessar sobre minha mala. 
No final de ano, viajei para Santiago no Chile com a minha família. De lá, fomos até Valparaíso para pegar um cruzeiro que contornaria a ponta da América do Sul até desembarcar no Rio de Janeiro. 
Portanto, a maioria dos lugares visitados estavam bem frio muito embora estarmos em pleno verão. Tinha que levar roupas adequadas para todas as estações.
Não adianta nada ditar regras e não mostrar o que deu certo, bem como também o que não deu. Separei algumas das fotos dos meus looks para vocês terem uma ideia na prática das minhas dicas:

Este slideshow necessita de JavaScript.



Os meus principais acertos foram levar roupas que não amassem, abusei das minhas pashiminas, cores das blusas, roupas térmicas e principalmente pela aquisição da minha mochila! Desde a minha viagem em janeiro do ano passado para a Inglaterra que estava procurando uma mochila para usar nas viagens porque tenho dores nas costas. Desta vez, não senti tantas dores e conseguia levar tudo dentro de lá. Até peguei uma tempestade de verão em Montevidéu no dia 31 de dezembro e apesar de eu estar encharcada, os itens dentro dela estavam secos!
Já os erros… Foram alguns, confesso.
Não sabia que nas viagens pela América do Sul, as companhias aéreas estipulam a bagagem total como voo doméstico (no embarque levamos um susto com a informação).
Tive arrependimento de ter levado muitas opções de brincos e colares (um deles até quebrou mesmo em uma nécessaire só para esta finalidade).
Errei quando fiz uma mala com uma base mais voltada para o verão. Usei e repeti todas as minhas roupas de frio. Deveria ter levado outro casaco e pelo menos uma bota de cano longo, apenas levei um tênis. Também não deveria ter levado tantas roupas de festas para não ficar na dúvida, além de coletes e casacos de paetês (sim, eu tenho encosto de chacrete. Piro nos paetês! Quando vejo já comprei). Só usei quatro dos dez vestidos que levei. 

No quesito hidratantes e afins, não deveria ter contado tanto com as compras no exterior porque como já escrevi eu não comprei quase nada. Além disso, exagerei na dose de hidratantes, protetor solar, calmante para pele uma vez que fui na piscina uma única vez!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Inspirações, Pessoal, Viagem

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s