Arquivo da categoria: Notícias e política

O que é ser a garota do rímel borrado

Tudo começou com a música da Madonna (que já foi garota irreverente e ousada), “What it feels like for a girl” que fez muito sentido para mim ao retratar tão fielmente como me sentia ou como fui criada:
“Maciez sedosa/Lábios tão doces quanto uma bala, baby/Jeans azul apertado/Pele que se mostra em fendas/Força interior, mas você não sabe/Garotinhas boas nunca se mostram/Quando você for abrir bem a boca para falar/Poderia ser um pouco frágil?/Você sabe como se sente uma garota?/Você sabe como se sente uma garota neste mundo?/Por uma garota/Cabelos que se enrolam nas pontas dos dedos tão delicadamente, baby/Mãos que descansam sobre o quadril arrependendo-se/Mágoas que não deveriam ser mostradas/E lágrimas que caem quando ninguém sabe/Quando você está tentando muito ser a melhor/Poderia ser um pouco menos?”
A maioria de nós fomos criadas para ser dócil e gentil; somente expor uma opinião quando lhe for dirigida a palavra (falar muito pouco); nunca gritar, falar palavrão e Deus me livre uma garota arrotar!; deve sempre tão agradável e sorridente; não demonstrar mais inteligência que os rapazes; a garota será conduzida, jamais guiada.
Termos tão arcaicos e chauvinistas que lhes parece tratar-se de um guia de comportamentos dos séculos anteriores. Infelizmente, não. Apesar de nossos pais que tiveram meninas, nos ensinarem a sermos independentes, ainda somos cobradas socialmente para sermos consideradas bem-sucedidas devemos ter um namorado/noivo/marido, constituir família, continuamos a ganhar menos que os homens, inclusive diante de poucas mulheres a alcançarem os postos dos mais alto escalões (nestes casos, é possível observar como as mulheres foram moldadas à masculinidade, afastando os seus laços femininos).
Somos cobradas pelas segunda e terceira jornada, esta última representa à obsessão de estar sempre impecável, bela, bem arrumada, cabelos alisados, sem maquiagem e/ou nada de fios arrepiados (posso me incluir aqui – mea culpa: mas como toda Material Girl, me rebelo e utilizo das mais ousadas cores na maquiagem como se retornasse à minha infância de peripécias).
A mulher moderna é cobrada constantemente e julgada em todos os aspectos, nunca parece vencer a luta dos anseios sociais impostos ao mundo feminino. A mulher anula-se para se enquadrar no mercado de trabalho. Consequentemente, é sucumbente na vida familiar por ser considerada péssima companheira, quiçá ser reprovada no seu papel materno. E por fim, é rejeitada por não se enquadrar nos padrões sociais aceitáveis de comportamentos.
Madge estava certíssima quando afirma nas dificuldades de ser uma garota. Em razão disso, surge o rímel borrado como um espaço dedicado à mulher moderna que não é categorizada em qualquer tipo de mulher visto que a mulher não é fixa, é mutável conforme às condições ambientais do momento vivido por elas.
Todavia, no paradigma atual é muito raro, ela deparar-se com uma espécime masculina capaz de satisfazer algumas da suas exigências, pois o homem contemporâneo está perdido na frustrada e inoperante tentativa de lhe agradar. Ele é sempre reprovado com louvor!
Esta garota aprendeu de tudo um pouco para ser autossuficiente e esperar por um homem nos mesmos padrões ou superior a elas, enquanto ele não é desenvolvido, ela aprende a trocar pneu, comprar um abridor  (se ela não conseguir abrir sozinha), viaja sozinha para todo e qualquer lugar, dirige à noite (quando ela quiser).
O seu maior desafio é fazer o que desejar. 

A minha garota do rímel borrado, em particular, não circularia por aí sem maquiagem, salto, joias e/ou bolsa. Ela levaria tudo nos piores momentos de humilhação (inclusive lenços de papel, demaquilante e um belo guarda-chuva: aguentaria tudo no mais belo sorriso e somente quando chegasse em casa, então ela desabaria), pois o maior sonho dela é estar bem consigo, pagar a conta e ser dona do seu destino, sozinha ou acompanhada, como melhor lhe aprouver. Ela sabe o que deve ser feito pela sua felicidade e disso, ela jamais abrirá mão!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Cultura e Entretenimento, Divagações, Notícias e política, Pessoal, Saúde e bem-estar, Vícios

Let’s go 2

tumblr_m5oeazsHzG1qgfi2io1_250
Só sei que tenho que seguir um ritmo sossegado, de equilíbrio e viver com mais serenidade.
Aprender a lidar melhor com o meu extremismo, a ter mais paciência, tolerar mais, ficar mais calma e por aí vai…
Estou quase lá.
Novamente aprendi com meus erros e não me arrependo nem um pouco de ter tentado, uma hora me encontro.
Nunca imaginei que as pessoas em quem eu mais confiava e amava incondicionalmente pudessem me ferir e me magoar tanto, inclusive também prejudicar e querer tão mal às pessoas que eu amo demais, que são a minha base-fortaleza.
Por um tempo, me tiraram a paz, a segurança e a tranquilidade. Estou convivendo com isso, vivendo como se não tivesse um amanhã.
Por isso, todo dia agradeço pela minha família forte e guerreira como ela é, pelos meus amigos que me apoiaram e não me deixaram abater em momento algum.
Neste momento tão trágico, percebi quem são os meus amigos verdadeiramente que estiveram e estão do meu lado, incondicionalmente me dando forças pra seguir em frente.
Confio e acredito na Justiça, sei q ela tarda mas não falha!!!

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias e política, Pessoal