Arquivo do mês: novembro 2013

Como se sente a garota do rímel borrado

tumblr_m3kn0dbAOq1r7ykwlo1_500

Não iria comentar isso aqui. No entanto, diante da dimensão da situação apocalíptica, não teve como.
A que ponto chegamos com “Porn revenge” e o aplicativo Lulu: Vingança? Feminismo? Machismo? Longe disso!
Confesso que no início estava divertido acompanhar as notas no Lulu, pois vi muito “cara pegador” sendo os mais avaliados até aquele momento.  
Desde o final de semana passado para cá, aquilo descambou apenas para o mero escracho.
Sinto muito, mas não é aceitável.
Se ele te deu um fora, não é aceitável ir lá no aplicativo e detonar com ele.
Ele era tão perfeitamente incrível enquanto estavam juntos e sei bem que se ele te procurar, você claramente dará uma chance, e outra, e mais outra. 
É aquele complexo do dedo podre, certo? Errado! Não dê tanta credibilidade ao seu poder inexorável de julgar! 
Estar revestido pela capa do anonimato não te dá nenhum direito de cometer ofensas uma vez que será possível uma localização da avaliadora e eventual indenização por danos morais e materiais, não afastando de igual modo uma investigação criminal.
Esta ofensa embasada pela possibilidade de tornar-se anônimo no mundo virtual vale para todos os tipos de injúrias, calúnias e difamações que tenho visto nas redes sociais. Não é válido somente para o aplicativo.
Por favor, não propaguem a hipocrisia do coletivo quando em público repudia veemente tais atos, mas na sua intimidade acessa o aplicativo ou passa adiante fotos íntimas, muito pior ainda são aqueles que comentam com os outros, avaliando e denegrindo a imagem alheia logo após um término. É exposição da mesma forma. Não há diferença entre elas.
Prevalece aquela máxima de “não faça com os outros que não gostaria que fizessem com você”.

Deixe um comentário

Arquivado em Divagações, Pessoal

Desenvolturas em série da garota do rímel borrado: redes sociais

tumblr_lzbarg2Unl1qf25cyo1_250

Conversava com uma amiga sobre relacionamentos na era digital. Ela me lembrou daquele diálogo da Drew Barrymore em Simplesmente ele não está tão afim de você.
Em um dado momento, a personagem reclama das dificuldades enfrentadas, pois atualmente diante de tantas redes sociais e diversas formas de comunicação, a cada instante a resposta é dada em um dispositivo diferente: telefone, celular, mensagem de texto, whatsapp, skype, gmail, email, inbox… e por aí vai.
Ao contrário de antes que só tínhamos um telefone, um celular e uma caixa postal. Ou tinha resposta ou não.
Agora se você deixar, a ansiedade te paralisa e você fica numa verdadeira compulsão checando tudo a cada segundo para ver se ele respondeu ou pior ainda se recebeu e te ignorou.
Pois bem, a crueldade da era digital não perdoa ninguém, perde o encanto da indisponibilidade, afasta o mistério das relações quando se é possível saber tudo o que a pessoa fez naquele dia só pelas redes sociais.
Nem me atrevo a comentar sobre as intermináveis discussões movidas pelos ciúmes ao verificar a linha do tempo do outro.
Cada um é único indivíduo que merece ter sua privacidade preservada.
Por favor, me perdoem, mas sou da época que se confia sem verificar o histórico do namorado, exigir senhas, além de criar perfil duplo para controlar. Se você confia desconfiando, algo está muito errado aí.
Relaxe, desapareça um pouco, sempre tenha um tempo para você fazer o que quiser com todos os seus gadgets desligados. É libertador uma dose de escapismo de vez em quando. 

Deixe um comentário

Arquivado em Pessoal

Dica rápida de maquiagem: pressa é inimiga da perfeição

crystal-renn-by-thomas-lagrange-for-vogue-paris-october-2013-8

Quem nunca errou feio quando estava no fim da maquiagem ou  tinha pouco tempo para se arrumar? Pois bem.
Sempre aconselho que no dia do grande evento NUNCA tente algo novo! 
É melhor aqueles produtos coringas que funcionam rapidamente. Os meus são: uma base líquida de cobertura média (os meus preferidos são o Teint Miracle da Lancôme e Dior Skin Nude), um pó (Studio Fix da MAC), sombras em pó pigmentadas, delineador, um rímel de volume, um batom de cor forte e um bronzer ou blush (utilizo o pincel que está sujo com um blush usado anteriormente para economizar tempo).
Nestes momentos, é sempre prudente ter por perto um bom demaquilante, algodão, lenços umedecidos e cotonetes.

Deixe um comentário

Arquivado em Dicas, Maquiagem

Yehuda Berg

ipad 3 458
“O simples fato de não estarmos onde gostaríamos em nossas vidas, não significa que não estaremos lá em breve. Significa simplesmente que ainda não estamos prontos. A verdade é que estamos exatamente onde devemos estar neste exato momento para aprender as lições que nos levarão até lá. Simplesmente confie nisso.”

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Surpresas que o destino reserva

ipad 3 1195

Há quem ainda fique espantado quando pergunta sobre você e eu respondo calmamente que está bem ou não, viajou na última semana e que passará o Réveillon na praia Y.
Como ainda posso saber? Oras, eu mantenho contato com ele, óbvio, pois existe espaço para o respeito, a consideração e o carinho mútuos.
Nem todos podem saber o que é isso, penso eu. De igual modo, nem todos podem conhecer o que é: a existência da amizade pós-término.
São aqueles que mesmo após o fim do relacionamento você em sã consciência decide mantê-los na vida. São os amigos essenciais a serem resgatados em crises e/ou, talvez, sejam os primeiros a te estenderem o bote salva-vidas.
Sem explicação, conhecem suas piores falhas e não te abandonam pela decepção de uma ilusão dissipada. Já sabem perfeitamente que você é capaz e de seus maiores temores.
Te convidam para sair sem hora para voltar, combinando naquele lugar de sempre com todas suas comidas e bebidas favoritas, sem preocupação de querer agradar ou que vestir. Te ligam só para avisar que seus filmes prediletos estão passando na televisão. Te chamam para dançar uma coreografia brega no meio da multidão. Te fazem rir quando seu coração está desabando.
E quando você os encontra depois de passado algum tempo distante é como se nada tivesse mudado, apesar de saberem que aconteceu exatamente o contrário. Tanta coisa mudou e ao mesmo tempo, tudo permaneceu igual. A essência sempre esteve lá. A admiração continua viva.
Há grandes amigos que se tornam grandes amores, há grandes amores que se tornam grandes amigos. E se você realmente tiver sorte terá os dois.
São as surpresas que o destino reserva enquanto a vida joga os dados para ver quem sabe apreciar as mudanças de sentimentos.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Inspirações para a semana

E na maratona de casamentos e demais festas do ano, esta semana irei ao último.
Separei aqui também as imagens que me inspiraram para escolher qual maquiagem e penteado usarei.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Como viajarei de avião, pretendo levar somente bagagem de mão, portanto, terei que ser bem econômica  nas minhas escolhas (abusar das miniaturas e frasquinhos para viagem) para não exceder ao limite de peso e ter minha mala despachada.
Assim, optei pelo clássico para não errar e também para conseguir me maquiar mesclando as cores básicas com um batom de cor vibrante. 

Ótima semana a todos.

2 Comentários

Arquivado em Beleza, Inspirações, Maquiagem

Desenvolturas em série da garota do rímel borrado: como um radar

tumblr_mnoy4rCSBc1rav1sho1_500
Uma das maiores constatações sobre novo relacionamento diz respeito ao fato comprovado o quanto as outras pessoas parecem captar isso.
É como radar, já exemplificou muito bem Lauren Conrad uma vez que o ex tem uma antena ligada quando você pára de se importar e está começando a curtir novos ares.
BUM! Ele simplesmente aparece para querer bagunçar tudo novamente o seu coração.
É a sina da vida: mantenha distância destes babacas em potenciais!
Do mesmo modo, também já escreveu um autor desconhecido que: “Aí você a namorar. Vem o cara do teu primeiro selinho, a tua paixãozinha de 10 anos de idade, vem amor platônico, vem ex-namorado saindo de dentro do ralo, amigo de ex-namorado caindo em cima do teu telhado, desconhecidos, o Ricardão, fulano, ciclano, vem até o povo da Nárnia. Mas quando você tá solteira, não aparece uma encarnação que seja.”
A verdade é precisa: enquanto você estava todo tempo ali quietinha e carente, ninguém surge, mas, é claro, se você emendar novo relacionamento praticamente todos ressurgem das cinzas e ficam espreitando como urubus até que você volte a ficar solitária. Por fim, como num simples encanto todos desaparecem outra vez.
Não espalhe aos quatro ventos a sua felicidade amorosa, principalmente nas redes sociais onde geralmente esta espécime falsária costuma bandear. É conselho de amiga amicíssima!

Deixe um comentário

Arquivado em Contos, Divagações